MEMÓRIAS TERRAS DE MONSALUDE
Rede de Bibliotecas Terras de Monsalude | Património Cultural

A Festa do Bodo no Coentral

Bodo do Coentral 1930 1
Bodo do Coentral 1930
Bodo5_page-0001
Bodo6_page-0001
bodo20073_page-0001 (2)
bodo 2007_page-0001
ti zé da Quinta Bodo ttransportado pela burra Jaleca
previous arrow
next arrow
Bodo do Coentral 1930 1
Bodo do Coentral 1930
Bodo5_page-0001
Bodo6_page-0001
bodo20073_page-0001 (2)
bodo 2007_page-0001
ti zé da Quinta Bodo ttransportado pela burra Jaleca
previous arrow
next arrow

 Perde-se na memória dos tempos a distribuição do pão ao povo em memória de S. Sebastião, que no Coentral se chama o “Bodo”.

É sempre no mês de janeiro que o povo do Coentral comemora o Bodo de S. Sebastião. Esta cerimónia começa pela manhã com a missa, celebrada na igreja da aldeia. Depois faz-se a procissão. À tarde distribui-se pão e ramos de louro benzidos que guardam até ao ano seguinte.

Diz a tradição que este pão distribuído, dura o ano inteiro sem ganhar bolor e que traz sorte e abundância a quem o tem.

Na aldeia de Pera também encontramos esta tradição mas no mês de setembro

MEMÓRIAS TERRAS DE MONSALUDE 
- Rede de Bibliotecas Terras de Monsalude | Património Cultural
© Copyright 2022 - Rede de Bibliotecas Terras de Monsalude